sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Carta aos Céus.

Sempre foi de minha vontade, ir de encontro à Deus. Estar em Sua presença, conversar, contar-lhe coisas do dia-a-dia, e pedir-lhe favor, que é uma das coisas que mais faço. Pensando nisto, escrevi. Eis aqui Ecos do Momento:

Carta aos Céus.

Em uma tarde ordinária, vazia,
Sentei-me e admirei tudo em minha volta. E por dentro... Sofria.
Com meus olhos, fitos na imensidão do céu,
Em meu íntimo, expus-me ao inventor da felicidade:

“Bem sei que Ele vê meus desejos, bobagens do meu coração.
... Mesmo assim, quero achegar-me. Dizer-lhe coisas...
Fazer-lhe saber de tudo, tudo o que necessito
Pra ser feliz e sorrir novamente. Favoreça-me Deus!

“A dúvida devora-me o espírito, e a paz não se acha comigo.
Alegro-me, e tento sorrir. Em vão...
As tormentas me derrubam, levam-me ao chão. Deus, escuta-me...

“Lembra-te de mim, Deus, e devolva-me o riso, o vigor...
Espero Pai, por teu favor. Não te demores, salva-me! Antes que venha a noite...
Pois a brisa levou de mim os castelos, que em sonhos, construí.”.

(Lucas do Nascimento Magalhães)

5 comentários:

  1. Adoreei esse !!

    Sempre me surpreendo! *-*'
    A última frase cara, linda!!
    Fechou o poema direitinho!!

    Beeijos

    ResponderExcluir
  2. Pois a brisa levou de mim os castelos, que em sonhos, construí.

    Simplesmente.. Inspirador.

    Sei nem o que falar mais... é talento demais pra uma pessoa só.

    ResponderExcluir
  3. Realmente esse também sempre foi o meu desejo e isso fez com que eu o procurasse e estivesse me separando as vezes em lugar sozinha e pedia pra ele falar comigo ou que eu sentisse sua presença e sinto sempre.Se você sentiu esse desejo é por que realmente ele deseja falar coisas profundas na sua vida e sei que falará.Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Você escreve parecido com o Davi da bíblia,se vocÊ quizer dá uma olhada nos textos de Davi acho você vai se indentificar...:)

    ResponderExcluir